Home Geral Cartório de Fortaleza se diferencia ao oferecer comunicação inclusiva por meio de Libras

Cartório de Fortaleza se diferencia ao oferecer comunicação inclusiva por meio de Libras

5 min read
0
0
224

A comunicação inclusiva por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras) já é realidade no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Fortaleza, no bairro Dionísio Torres. Embora o serviço ainda seja pouco conhecido por esse público, cerca de 1,7 milhão de pessoas no Ceará possuem alguma dificuldade para ouvir, segundo uma pesquisa inédita sobre Libras divulgada no ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desse total, mais de 150 mil pessoas revelaram saber usar essa comunicação, representando 9,2% deste grupo populacional, enquanto 61,3% ou 43 mil pessoas que não ouvem nada afirmaram saber se comunicar por meio de Libras.

Para Jade Pável, 23 anos, moradora no Conjunto Ceará, a vontade de conseguir se comunicar com os amigos com deficiência auditiva na igreja que frequenta possibilitou, também, contribuir com o atendimento mais humanizado para outras pessoas nessa mesma condição que chegavam ao cartório. Formada há três meses no curso de Libras, que tem duração de um ano e meio, ela vem colocando sua nova habilidade em prática sempre que chega um cliente no cartório que necessita de uma atenção especial. E um desses clientes que chegou lá foi o seu professor do curso. Ela contou que faz tudo para que a pessoa se sinta acolhida, auxiliando em todo o processo e com aquele sorriso no rosto.

O IBGE também fez outra amostragem na nova Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), de conhecimento público desde o ano passado. O resultado apontou que pelo menos 17,3 milhões de pessoas têm alguma deficiência no país, o que representa um contingente de 8,4% da população. No Ceará, estão 10,6% da população, índice maior que o nacional. Pelo fato de a expectativa de vida ser maior, há mais mulheres do que homens com deficiência no país. De acordo com a diretora de Comunicação e Marketing da Associação dos Notários e Registradores do Ceará (Anoreg-CE), Priscila Aragão, “os cartórios cearenses têm avançado nas ações sociais, em especial de acessibilidade e comunicação inclusiva, como é o caso do 1º Ofício de Registro de Imóveis de Fortaleza.”

Serviço:

1º Ofício de Registro de Imóveis de Fortaleza

Endereço: Avenida Antônio Sales, 2187, 10º andar, Dionísio Torres, Fortaleza/CE

Contato: (85) 3261-7101

Informações: www.anoregce.org.br

Kátia Alves

Editora-chefe do Contexto Notícias é jornalista formada pela Unifanor em 2006, pós-graduada pela Unichristus em MBA em Gerência de Marketing, Assessoria de Comunicação pela Estácio e Língua Portuguesa pela UniAteneu. Foi jornalista da TV Verdes Mares, TV Fortaleza e TV Ceará. Passou pelos site Pirambu News (@pirambunews), Somos Mídia (@somosmidia) e Conexão 085 (@conexao085oficial). Passou pelas assessorias do Instituto Isa Magalhães e Superintendência Federal de Agricultura.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =

Verifique também

Fortaleza vence o Trinidense e se classifica em 1º para as oitavas da Sul-Americana

Com o resultado, o Leão do Pici termina em primeiro lugar do Grupo D com 13 pontos e garan…