Home Geral Cearense de 10 anos é aprovado em segundo vestibular

Cearense de 10 anos é aprovado em segundo vestibular

6 min read
0
0
29

O cearense João Pedro Araújo, de 10 anos, foi aprovado para o curso de Física na edição 2024.1 do vestibular da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Conhecido como “JP das galáxias” nas redes sociais, o garoto já havia sido aprovado em outra universidade no ano passado.

Natural de Caucaia, município da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), João Pedro já havia prestado vestibular para Administração na Universidade de Fortalezas (Unifor) em meados do ano passado.

Em entrevista ao portal G1, João Pedro se disse feliz com a conquista e afirmou que a nova aprovação, agora em uma instituição de ensino pública, serviu para comprovar sua capacidade.

“Fiquei muito feliz com a aprovação, pois quando passei a primeira vez muitas pessoas desvalorizaram minha conquista e falavam que só teria valor se eu passasse em uma universidade pública. Eu sabia que era uma questão de tempo”, afirmou.

A mãe de João Pedro, Sarah Umbelina, contou que o filho havia pensado em cursar o primeiro semestre da graduação em Física, “mas eu expliquei que ainda não era hora, e que ele poderia perder o foco nos próximos objetivos”.

Domingão do Huck

Em julho de 2023, João Pedro foi convidado para representar o Ceará no quadro “Pequenos gênios”, do “Domingão do Huck”, programa da TV Globo apresentado por Luciano Huck.

O garoto integrou uma equipe de três jovens jovens que enfrentou outro grupo de crianças em um desafio com questões de matemática, memorização e soletração. A equipe adversária acabou saindo vitoriosa.

“Foi uma experiência muito boa, onde pude conhecer outras crianças parecidas comigo. O que mais gostei de tudo foi os amigos que fiz e a possibilidade de mostrar as altas habilidades de superdotação em rede nacional”, afirmou em entrevista ao O POVO.

João Pedro ainda elogiou a capacidade dos seus adversários: “Foi muito difícil, todas as crianças são excelentes e com um nível muito alto. Às vezes, o que faz a diferença é uma estratégia mais eficaz, um melhor controle emocional”.

Gênio precoce

Segundo a mãe de João Pedro, o garoto começou a apresentar habilidades especiais ainda bebê. Com um ano de nascido, ele já dominava as telas dos dispositivos eletrônicos. “Eu percebi que o desenvolvimento dele era atípico”, afirmou.

“Próximo a um ano eu vi uma habilidade muito grande nele na questão de mexer com eletrônicos. Ele já mexia em tudo, procurava no YouTube. Aos dois anos, percebi que ele já lia tudo e escrevia tudo e daí pra frente foi só decolando”, contou Umbelina em entrevista ao O POVO.

Fonte: O POVO

 

Kátia Alves

Editora-chefe do Contexto Notícias é jornalista formada pela Unifanor em 2006, pós-graduada pela Unichristus em MBA em Gerência de Marketing, Assessoria de Comunicação pela Estácio e Língua Portuguesa pela UniAteneu. Foi jornalista da TV Verdes Mares, TV Fortaleza e TV Ceará. Passou pelos site Pirambu News (@pirambunews) e Somos Mídia (@somosmidia). Passou pelas assessorias do Instituto Isa Magalhães e Superintendência Federal de Agricultura. Atualmente, também trabalha no site Conexão 085 (@conexao085oficial).

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =

Verifique também

Circo Americano faz Espetáculo Inclusivo no próximo domingo (3)

Durante o show, as luzes do picadeiro e da plateia serão suavizadas, a trilha sonora será …