Home Saúde Hospital Universitário realiza mutirão de combate ao câncer de cabeça e pescoço nesta segunda-feira (25)

Hospital Universitário realiza mutirão de combate ao câncer de cabeça e pescoço nesta segunda-feira (25)

9 min read
0
0
99

O Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (UFC/EBSERH), realizará mutirão para 200 atendimentos, mediante distribuição de senhas, com o objetivo de diagnosticar precocemente o câncer de cabeça e pescoço. A ação vai ocorrer nesta segunda-feira (25), das 7h às 11h, no Espaço das Mangueiras, no estacionamento da Faculdade de Medicina (FAMED) da UFC, na Rua Alexandre Baraúna, 949, Rodolfo Teófilo, em Fortaleza. A atividade faz parte da Campanha Julho Verde, alusiva ao Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, celebrado em 27 de julho.

Podem buscar o atendimento no mutirão pessoas com nódulos cervicais (caroços no pescoço), rouquidão persistente, dor ao engolir e sangramentos ou algum desconforto, dor ou inflamação na cavidade oral ou nasal. Também serão realizados exames de manchas, sinais e feridas de pele na busca por lesões malignas em estágio inicial. O câncer de cabeça e pescoço ocupa a terceira posição entre os tumores mais frequentes na população brasileira, de acordo com a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG Brasil).

Foto: Freepik

Como forma de organização e para evitar aglomeração, serão distribuídas 200 senhas, no local do mutirão, e a equipe do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do HUWC, formada por professores, médicos assistentes e residentes, fará a triagem. Para reforçar o mutirão, também foram convidadas a participar as equipes das especialidades de Otorrinolaringologia, Fonoaudiologia e Odontologia, áreas parceiras do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Além disso, os acadêmicos da Liga de Cirurgia de Cabeça e Pescoço vão realizar ações de educação em saúde e atividades de conscientização e informação sobre prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação desse tipo de câncer. A Campanha Julho Verde ocorre anualmente e faz parte do calendário oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP).

O HUWC, por intermédio do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, oferece, no cotidiano, quatro ambulatórios voltados para pacientes encaminhados pelas unidades básicas de saúde via sistema de regulação de consultas da Prefeitura de Fortaleza. São os seguintes: Ambulatório de Câncer de Cabeça e Pescoço, Triagem em Cabeça e Pescoço; Ambulatório de Cirurgia Craniofacial e Ambulatório de Tireoide e Paratireoide. O HUWC não dispõe de serviço de emergência.

Câncer de cabeça e pescoço

Foto: Freepik

O câncer de cabeça e pescoço passou a ocupar a terceira posição entre os tumores mais frequentes na população brasileira, segundo a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG Brasil).

Segundo a SBCCP, os tumores malignos (câncer) que aparecem na boca, orofaringe, laringe (local onde estão as cordas vocais), nariz, seios nasais, nasofaringe, órbita (cavidade do esqueleto da face em forma de pirâmide onde estão inseridos o bulbo do olho, músculos, nervos, vasos e o aparelho lacrimal), pescoço, tireoide, couro cabeludo, pele do rosto e do pescoço são chamados de Câncer de Cabeça e Pescoço. É um problema de saúde pública. A maioria dos casos é diagnosticada já em fase avançada da doença (60% dos casos), o que impacta negativamente na sobrevida do paciente. Por outro lado, os resultados obtidos nos diversos serviços de cirurgia de cabeça e pescoço mostram que o percentual de cura gira em torno de 90% quando a doença é diagnosticada e tratada em fase inicial.

Serviço:

Hospital Universitário Walter Cantídio realiza mutirão de combate ao câncer de cabeça e pescoço

Onde? No espaço das Mangueiras, no estacionamento da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) – Rua Alexandre Baraúna, 949, Rodolfo Teófilo

Quando? 25 de julho de 2022

Horário? Das 7h às 11h

Quantidade de atendimentos? Até 200 pessoas

Perfil de atendimento no dia do mutirão? Pessoas com nódulos cervicais (caroços no pescoço); rouquidão persistente; dor ao engolir; sangramentos ou algum desconforto, dor ou inflamação na cavidade oral ou nasal; manchas, sinais e feridas de pele na busca por lesões malignas em estágio inicial.

 

Fonte: Unidade de Comunicação Social do Complexo Hospitalar da UFC/EBSERH

Kátia Alves

Editora-chefe do Contexto Notícias é jornalista formada pela Unifanor em 2006, pós-graduada pela Unichristus em MBA em Gerência de Marketing, Assessoria de Comunicação pela Estácio e Língua Portuguesa pela UniAteneu. Foi jornalista da TV Verdes Mares, TV Fortaleza e TV Ceará. Passou pelos site Pirambu News (@pirambunews), Somos Mídia (@somosmidia) e Conexão 085 (@conexao085oficial). Passou pelas assessorias do Instituto Isa Magalhães e Superintendência Federal de Agricultura.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + cinco =

Verifique também

Dia Nacional de Combate ao Glaucoma: saiba como prevenir a doença que mais causa cegueira no país

26 de maio, Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, alerta sobre doença que prejudica o nervo…