Home Cidade Prefeitura de Fortaleza decide demolir o edifício São Pedro na Praia de Iracema

Prefeitura de Fortaleza decide demolir o edifício São Pedro na Praia de Iracema

7 min read
0
0
73

Primeiro hotel da Praia de Iracema, o Edifício São Pedro passa por um processo de degradação há décadas e será demolido pela Prefeitura de Fortaleza, segundo informou o prefeito Sarto, nesta segunda-feira (4), em suas redes sociais, onde mostrando um vídeo feito por drone, mostrando a situação de extremo risco de desabamento no qual a edificação se encontra.

A decisão foi tomada após laudos técnicos apontarem a impossibilidade de qualquer recuperação do prédio e da revogação da declaração de interesse público do imóvel por parte do Governo do Estado do Ceará.

“A precária situação da edificação chegou ao limite. Há grande risco de desmoronamento. Os laudos técnicos indicam não ser mais possível a recuperação. Enquanto isso, o imóvel vem sendo depredado e acessado por quem desconhece ou ignora a insegurança. Lamentavelmente, uma pessoa já morreu ali. Diante da falta de intervenções por parte dos proprietários e do decreto do Governo do Estado revogando a declaração de interesse público do imóvel, a situação exige providências, sob pena de colocar mais vidas em risco. Por todas essas razões, a Prefeitura tomou a decisão de fazer imediatamente, por conta própria, a demolição do prédio e cobrar dos proprietários o ressarcimento pelos custos desse serviço”, afirma o gestor.

Sarto lembrou que o imóvel já foi desocupado e as pessoas em situação de rua estão sendo acompanhadas pelas equipes da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS). Contingente da Guarda Municipal já estão no local para garantir o isolamento do prédio.

“As obras de requalificação da Praia da Iracema estão avançando em ritmo acelerado e, agora, vamos iniciar os serviços de pavimentação ali, justamente no entorno do Edifício São Pedro. Um serviço que vai fortalecer ainda mais o turismo, estimular o empreendedorismo, proporcionar lazer para moradores da região e de toda a cidade. E não há qualquer cabimento em fazer uma requalificação como essa para atrair mais pessoas para aquela área e manter uma edificação que coloque em risco a vida de trabalhadores e visitantes”, complementa José Sarto.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza

Imponência perdida

Construído no início da década de 1950, marcou o start da ocupação hoteleira daquela área, como Iracema Plaza Hotel. Possuía amplas áreas de lazer e um restaurante de luxo, tanto que era palco de muitas festas e eventos da alta sociedade fortalezense daquela época. O edifício abrigava também unidades residenciais e algumas lojas, mas o processo de degradação no final dos anos 1980 acabou seguindo de forma acelerada. Até que, cerca de 20 anos depois, já não abrigava mais os antigos moradores e empreendimentos comerciais, passando a sofrer com as ocupações ilegais.

Foram muitas as tentativas de tombamento do imóvel, e este ato chegou a ser aprovado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico-Cultural de Fortaleza em 2016, mas em 2021 o prefeito José Sarto desaprovou a medida, com base em estudos técnicos. Ainda houve uma tentativa junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no mesmo ano, para tombamento na esfera federal, que foi rejeitado pelo órgão no ano passado.

O Edifício São Pedro, continuou durante todo esse tempo em processo de degradação e, atualmente, está praticamente em ruínas. Com muita infiltração na sua estrutura, parte com sério risco de desabamento, como já aconteceu anteriormente, está próximo de vir abaixo.

Kátia Alves

Editora-chefe do Contexto Notícias é jornalista formada pela Unifanor em 2006, pós-graduada pela Unichristus em MBA em Gerência de Marketing, Assessoria de Comunicação pela Estácio e Língua Portuguesa pela UniAteneu. Foi jornalista da TV Verdes Mares, TV Fortaleza e TV Ceará. Passou pelos site Pirambu News (@pirambunews), Somos Mídia (@somosmidia) e Conexão 085 (@conexao085oficial). Passou pelas assessorias do Instituto Isa Magalhães e Superintendência Federal de Agricultura.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =

Verifique também

Ceará lança sua nova marca do turismo em uma das maiores feiras da América Latina do setor

A participação do Ceará na 11ª edição da World Travel Market Latin America (WTM-LA), em Sã…