Home Saúde “Meu primeiro arraiá”: bebês da Neonatologia ganham sessão de fotos com adereços juninos

“Meu primeiro arraiá”: bebês da Neonatologia ganham sessão de fotos com adereços juninos

4 min read
0
0
97

Tradicionais no Nordeste, as festas juninas ressaltam a beleza da cultura popular. No Hospital Regional Norte (HRN), vinculado à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), os bebês internados na Neonatologia tiveram seu primeiro arraiá. A equipe de profissionais do setor organizou uma sessão de fotos para os pequenos, que usaram adereços juninos, e presenteou as mães com as imagens.

A iniciativa faz parte de uma programação que busca celebrar todos os festejos mais tradicionais do ano, de acordo com a coordenadora de Enfermagem da Neonatologia do HRN, Cristiane Soares. “Nesta festa junina, as mães participaram confeccionando porta-retratos com a temática. Os bebês foram fotografados com os adereços juninos, que passaram antes por higienização. Essas ações fazem parte da assistência da Neonatologia e que envolvem mais os familiares nos cuidados do binômio mãe-bebê”, explica.

Momento para recordar

Mãe de Ana Liz, prematura nascida com 26 semanas de parto vaginal, a designer de unhas Cícera Maria de Morais, 19, elogiou a ação. “Esse momento é muito especial porque ajuda a descontrair. Além disso, será uma ótima lembrança para o resto da vida”, avalia. Ela e a filha estão no hospital há quase três meses. “Estou achando bom porque, aqui, somos muito bem acolhidas”.

Outra mulher que participou das atividades foi a dona de casa Erismar Costa Barbosa, 44. Mãe de Nicolas, ela recebeu a foto do filho no dia em que a criança recebeu alta hospitalar. “Vou guardar de recordação”, diz.

Foto: Teresa Fernandes/Ascom HRN

A também dona de casa Gerlânia Rodrigues de Menezes, 27, mãe da Viviane, de apenas 1 mês de vida, destaca que se sentiu parte da comemoração. “Eu mesma fiz o porta-retrato. Foi maravilhoso”, afirma orgulhosa.

Para a realização das fotografias com os recém-nascidos, os pais autorizaram a produção previamente. Os adornos utilizados nas crianças passaram por processo de desinfecção, conforme orientação da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).

Kátia Alves

Editora-chefe do Contexto Notícias é jornalista formada pela Unifanor em 2006, pós-graduada pela Unichristus em MBA em Gerência de Marketing, Assessoria de Comunicação pela Estácio e Língua Portuguesa pela UniAteneu. Foi jornalista da TV Verdes Mares, TV Fortaleza e TV Ceará. Passou pelos site Pirambu News (@pirambunews) e Somos Mídia (@somosmidia). Passou pelas assessorias do Instituto Isa Magalhães e Superintendência Federal de Agricultura. Atualmente, também trabalha no site Conexão 085 (@conexao085oficial).

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − cinco =

Verifique também

Estação Expedicionários é local privilegiado para observação de aviões

Localizada atrás do terminal aeroportuário da Capital, a estação tem sua plataforma locali…